Plataforma Municipal de Apoio à arte contemporânea

Porto.

PLÁKA reúne projetos que consubstanciam a política municipal de apoio à prática artística contemporânea no Porto, dando forma às iniciativas Aquisição, Colectivos Pláka, Anuário, Criatório, Shuttle e Inresidence.
Mediando processos de criação, reflexão e investigação em diferentes territórios da arte contemporânea, constitui-se enquanto plataforma de síntese, e análise, de medidas de apoio a artistas e agentes culturais e da sua articulação com a política cultural do município.
A plataforma PLÁKA é uma iniciativa da Câmara do Porto.
 
    •  
    EQUIPA

    Presidente da Câmara do Porto
    Rui Moreira
     
    Diretora Artística
    Filipa Ramos
     
    Diretora Executiva
    Sílvia Fernandes

    Coordenador de Programação
    Nuno Rodrigues

    Gestora de Projeto
    Ana Brito

    Produtor Executivo
    Vítor Rodrigues

    Coordenador de Comunicação e Edição
    Tiago Dias dos Santos

    Comunicação e Mediação de Públicos
    Diana dos Reis
     
    Assistente de Direção
    Yoan Teixeira

    Assistente Administrativa
    Cláudia Almeida


    ÁGORA — CULTURA E DESPORTO, E.M.
    Presidente do Conselho de Administração
    Catarina Araújo

    Conselho de Administração
    César Navio
    Ester Gomes da Silva

    Secretariado da Administração
    Liliana Gonçalves

    Direção de Gestão de Pessoas, Organização e Sistemas de Informação
    Sónia Cerqueira (Diretora)
    Cátia Ferreira, Elisabete Martins, Helena Vale, Joana Ngola, João Carvalhido, Jorge Ferreira, Madalena Peres, Paulo Cardoso, Paulo Moreira, Ricardo Faria, Ricardo Santos, Ruben Almeida, Sandra Pinheiro, Vânia Silva

    Direção de Serviços Jurídicos e de Contratação 
    Jorge Pinto (Diretor)
    Amanda Leite, André Cruz, Bruno Cunha, Eunice Coelho, Francisca Mota, Filipa Faria, Filipe Barbot, Jorge Almeida, Pedro Caimoto, Leonor Mendes, Luís Areias, Márcia Teixeira, Marta Silva, Tiago Abreu

    Direção Financeira 
    Rute Coutinho (Diretora)
    Alexandra Espírito Santo, Ana Cristina Almeida, Ana Rita Rodrigues, Fernanda Reis, Manuela Roque, Mariana Vilela, Sandra Ferreira, Sérgio Sousa, Simão Sousa Branca, Sofia Barbosa

    Direção de Comunicação e Imagem
    Bruno Malveira (Diretor)
    Agostinho Ferraz, Carina Novo, Catarina Madruga, Francisco Ferreira, José Reis, Maria do Rosário Serôdio, Rui Meireles

     
Porto.

Colectivos Pláka

Os Colectivos Pláka são grupos de pensamento, discussão e ação sobre a sociedade, cultura e arte contemporânea estruturados em forma de cursos e workshops. Em 2022 serão realizados dois cursos distintos, com tutores, temáticas, metodologias e linhas de investigação próprias: Desejos compulsivos: a extração de lítio, o crescimento ilimitado e a auto-otimização, organizado pela arquiteta Marina Otero Verzier e The Climate, The Worry, The Dance, concebido pelo coreógrafo Mårten Spangberg.

Organizados pela Galeria Municipal do Porto no âmbito da plataforma Pláka, os Colectivos Pláka criam oportunidades de diálogo, aprendizagem e partilha de conhecimento entre várias tradições epistemológicas e comunidades criativas, permeando os encontros e discursos no campo da arte contemporânea com outras formas de reflexão e produção.

Cada edição é acompanhada por uma publicação que reúne textos, palestras e outros documentos que ecoam e expandem as temáticas desenvolvidas durante as várias sessões.

Tutores 2022

  • Desejos compulsivos
  • Marina Otero Verzier

     
    Arquiteta e investigadora. É responsável pelos mestrados em Design Social na Academia de Design de Eindhoven, cujo programa se centra nos novos papéis dos designers face aos desafios sociais e ecológicos contemporâneos. De 2015 a 2022 foi diretora de investigação no Het Nieuwe Instituut (HNI), o Instituto Neerlandês de Arquitetura, Design e Cultura Digital. Aí liderou projetos focados no trabalho, extração e saúde mental de uma perspetiva arquitetónica e pós-antropocêntrica, entre eles “Automated Landscapes”, “BURN-OUT: Exhaustion On a Planetary Scale” e “Lithium”. Anteriormente fora Diretora de Programação Global de Rede no Studio-X, GSAPP, Universidade de Columbia, Nova Iorque. Otero foi co-curadora da Bienal de Arte de Xangai 2021, curadora do Pavilhão Neerlandês na Bienal de Arquitetura de Veneza em 2018 e curadora-chefe da Trienal de Arquitetura de Oslo em 2016. Coeditou Lithium: States of Exhaustion (2021), More-than-Human (2020), Unmanned: Architecture and Security Series (2016–20), Architecture of Appropriation (2019), Work, Body, Leisure (2018) e After Belonging (2016), entre outras publicações.
  • The Climate, The Worry, The Dance
  • Mårten Spångberg

     Artista multidisciplinar. A dança tem sido a sua expressão predominante, mas enquanto defensor da coreografia como “prática expandida” (termo que cunhou em 2008), o seu trabalho tem assumido expressões muito diferentes, da arquitetura ao cinema, instalação, escrita teórica e ficcional, música e arte socialmente comprometida. A ecologia desempenha um papel central no seu trabalho, tanto no que diz respeito às questões ambientais e às mudanças climáticas, mas também no que diz respeito à prática artística, relação social, mentalidade e agência.
  • MARINA OTERO

    COMPULSIVE DESIRES / 
    DESEJOS COMPULSIVOS

    a extração de lítio, o crescimento ilimitado
    e a auto-otimização 

    Com Anastasia Kubrak, Godofredo Pereira,
    Marisol de la Cadena, Michael Marder
    e Susana Caló

    7 a 11 de maio
    Hotelier



    7 MAIO
    SONHOS DE ENERGIA

    15h00
    MARINA OTERO VERZIER
    Extração de lítio e as consequências da ambição insaciável por energia

    17h30
    Sessão Pública:
    MICHAEL MARDER
    Espistemologias de energia


    19h00
    Sessão pública:
    MARINA OTERO VERZIER
    Estados de Exaustão


    8 MAIO
    COMPORTAMENTOS MANÍACOS

    11h00
    MARINA OTERO
    Introdução: As relações entre ecologia, energia e psiquiatria
    ANASTASIA KUBRAK 
    Zonas termais, fadiga e motor humano

    15h00
    SUSANA CALÓ
    Financialização do mental

    17h30
    Sessão pública:
    ANASTASIA KUBRAK
    Zonas termais e mineiras
    SUSANA CALÓ
    O direito à loucura

    Conversa com Susana Caló, Anastasia Kubrak & Marina Otero Verzier


    9 MAIO
    NO TERRENO

    Visitas a minas de lítio e termas no Norte de Portugal e Galiza (Covas do Barroso e Termas de Bande)

    10 MAIO
    ALIANÇAS

    11h00
    GODOFREDO PEREIRA
    Alianças não-naturais: Construção de Resistência Coletiva ao Extrativismo

    15h00
    Conversa com comunidades locais e internacionais sobre batalhas jurídicas e disputas ambientais, tanto ao vivo como por conexão online, com organizações espanholas, portuguesas e chilenas, organizada por Godofredo Pereira:
    - Alonso Barros, antropólogo e advogado dos povos Atacameño, Aymara, Diaguita e Quechua do Deserto Atacama (Chile)
    - Catarina Alves Scarrott, Aida Gomes e Nelson Gomes, Unidos em Defesa de Covas do Barroso (Portugal)
    - Cheila Colaço Rodrigues, XR Lisboa e Minas Não (Portugal)
    - Grupo de pesquisa Scales of Climate Justice (Royal College of Art, Reino Unido)
    - Montaña Chaves, Plataforma Salvemos la Montaña (Espanha)
    - Rolando Humire, líder indígena de Atacama (Chile)
    - Vitor Afonso, Movimento Não às Minas de Montalegre (Portugal)

    18h00
    Sessão pública:
    GODOFREDO PEREIRA
    Sonhos de Lítio

    19h00
    Sessão pública:
    MARISOL DE LA CADENA
    Natureza, mas não só

    Conversa com Marina Otero Verzier, Marisol de La Cadena e Godofredo Pereira


    11 MAIO
    ASAMBLEA DEL DISOÑAR

    11h00
    Conversa aberta a todos os participantes, moderada por Marina Otero
    Reflexões coletivas e ações futura
    Organizado pela arquiteta Marina Otero Verzier, o curso dos Colectivos Pláka da primavera de 2022 — Desejos compulsivos — propõe um entendimento alternativo das noções de energia, progresso e vida plena. O programa gira em torno do lítio e do seu múltiplo papel como estabilizador do humor e como combustível na chamada transição para uma energia verde. Pois se o lítio é conhecido como elemento essencial para baterias baratas e leves, também há muito que tem uma relação com o bem-estar físico e psicológico, e tem vindo a ser receitado desde 1817 como tratamento na depressão e em estados maníacos. O lítio concretiza o envolvimento entre extrativismo e exaustão, produtividade e esgotamento a todas as escalas. Energiza corpos, psiques, economias. Mantém a funcionar telefones, veículos e centros de dados e mantém a trabalhar os corpos produtivos. O lítio é apresentado como um elemento que poderia manter vivos os modos de produção e de consumo capitalistas e a sua promessa de crescimento ilimitado.

    PROGRAMA COMPLETO / FULL PROGRAMME

  • Mårten Spångberg

    THE CLIMATE, THE WORRY, THE DANCE /
    A CRISE CLIMÁTICA, A INQUIETAÇÃO, A DANÇA


    Com Hana Lee Erdman e Anne Juren

    Semana 1: 28 de setembro a 1 de outubro
    Semana 2: 12 a 15 de outubro

    Galeria Municipal do Porto


    Considerando que, em grande medida, foram o discurso, o raciocínio e as formas de conhecimento ocidentais que nos conduziram à presente situação de emergência, o curso pretende oferecer caminhos não-convencionais para formas de conhecimento que dissolvem binários tradicionais, como natureza–cultura, humano–não-humano, corpo e mente, ativo–inerte, experiência e razão.

    Como se irão cristalizar essas ecologias, essas formas de relações e de processos, é algo que não podemos antecipar. Mas podemos, em vez disso, criar oportunidades que se estabelecem através de sensações, afetos, intimidades, cuidado e empatia. O que estará em foco no curso será “o envolvimento com” e não “a aprendizagem sobre”. Para isso, o nosso instrumento e centro de atenção será o corpo, os seus movimentos e as relações que estabelece. Iremos embarcar numa viagem pensada para des-fazer mundos e através das chamadas práticas pré-figurativas iniciaremos processos de construção de mundos, alterando: a representação dos corpos e as suas metamorfoses; a relação entre indivíduos e tecnologias; a relação entre os corpos e a Terra.

    O curso decorrerá em oito momentos, durante os quais praticaremos em conjunto possibilidades de ecologias alternativas. Terá a forma de um processo de investigação guiado, sublinhando relações e ações em que espírito, corpo e mente são entendidos como fundacionais na luta contra a preocupante crise climática.

  • INSCRIÇÕES

    As candidaturas são efetuadas através de um e-mail para plaka@agoraporto.pt com as seguintes informações (até 3.000 caracteres, com espaços, em Inglês): nome; idade; profissão ou ocupação; número de telefone; carta de motivação e CV abreviado. A seleção dos participantes será feita pelos organizadores do curso.

    VALOR DO CURSO
    50 euros por pessoa

    DATAS DE INSCRIÇÃO
    - Compulsive Desires: 21 a 29 de abril;
    - The Climate, The Worry, The Dance: setembro (datas a anunciar brevemente).
Práticas Pós-Nostálgicas

Sáb, 7 Dez 2019

Práticas Pós-Nostálgicas

ler mais
Novo curso de arte contemporânea Colectivos Pláka abre candidaturas

Sex, 15 Nov 2019

Novo curso de arte contemporânea Colectivos Pláka abre candidaturas

ler mais
Filipa César e Dora García conduzem sessões públicas dos Colectivos Pláka

Qui, 11 Jul 2019

Filipa César e Dora García conduzem sessões públicas dos Colectivos Pláka

ler mais
Françoise Vergès e Kader Attia nas sessões públicas de curso de reflexão em arte contemporânea

Seg, 8 Jul 2019

Françoise Vergès e Kader Attia nas sessões públicas de curso de reflexão em arte contemporânea

ler mais
Sessões públicas dos Colectivos Pláka vão ao Clube Fenianos Portuenses

Qui, 4 Jul 2019

Sessões públicas dos Colectivos Pláka vão ao Clube Fenianos Portuenses

ler mais
Primeiro curso de arte contemporânea Colectivos Pláka abre candidaturas

Sex, 21 Jun 2019

Primeiro curso de arte contemporânea Colectivos Pláka abre candidaturas

ler mais
Colectivos Pláka promovem 3 novos cursos de reflexão em arte contemporânea

Sex, 14 Jun 2019

Colectivos Pláka promovem 3 novos cursos de reflexão em arte contemporânea

ler mais
Curso dos Colectivos Pláka

Qua, 9 Jan 2019

Curso dos Colectivos Pláka "To School Out of School" regressa com novas sessões

ler mais
Curso Pláka tem novas sessões na próxima semana

Sex, 7 Dez 2018

Curso Pláka tem novas sessões na próxima semana

ler mais
Palácio dos Correios recebe sessões públicas do Curso To School Out of School

Seg, 19 Nov 2018

Palácio dos Correios recebe sessões públicas do Curso To School Out of School

ler mais
Inscrições para o último curso dos Colectivos Pláka decorrem até quinta-feira

Dom, 11 Nov 2018

Inscrições para o último curso dos Colectivos Pláka decorrem até quinta-feira

ler mais
Colectivos Pláka abrem inscrições para o último curso no ano de 2018

Seg, 29 Out 2018

Colectivos Pláka abrem inscrições para o último curso no ano de 2018

ler mais
Curso Politics of Survival: Spirit, Matter and Modes inclui sessões públicas

Qui, 4 Out 2018

Curso Politics of Survival: Spirit, Matter and Modes inclui sessões públicas

ler mais
Novo curso Pláka debate a transformação da cidade pelas práticas artísticas

Qui, 27 Set 2018

Novo curso Pláka debate a transformação da cidade pelas práticas artísticas

ler mais
Novo curso dos Colectivos PLÁKA começa em outubro

Qui, 13 Set 2018

Novo curso dos Colectivos PLÁKA começa em outubro

ler mais
PLÁKA já está online e lança cursos sobre a prática artística contemporânea

Sáb, 28 Jul 2018

PLÁKA já está online e lança cursos sobre a prática artística contemporânea

ler mais
Finais de tarde com entrada livre para o público no curso dos Colectivos Pláka

Seg, 23 Jul 2018

Finais de tarde com entrada livre para o público no curso dos Colectivos Pláka

ler mais
Curso The Times(s) of Contemporaneity inaugura a 24 de julho o programa dos Colectivos Pláka

Qua, 11 Jul 2018

Curso The Times(s) of Contemporaneity inaugura a 24 de julho o programa dos Colectivos Pláka

ler mais
Novo projeto PLÁKA vai dinamizar a prática e a apresentação de arte contemporânea no Porto

Qua, 5 Abr 2017

Novo projeto PLÁKA vai dinamizar a prática e a apresentação de arte contemporânea no Porto

ler mais
CM do Porto vai investir meio milhão em cinco projetos culturais (in Expresso)

Qua, 5 Abr 2017

CM do Porto vai investir meio milhão em cinco projetos culturais (in Expresso)

ler mais
Porto vai dedicar 100 mil euros por ano para comprar obras de arte (in JN)

Qua, 5 Abr 2017

Porto vai dedicar 100 mil euros por ano para comprar obras de arte (in JN)

ler mais